Você pode até me contestar nesta afirmação. Mas o fato é: Deadpool entrega tudo que promete em sua sinopse com certeza. O filme na minha modesta opinião, é um ótimo divertimento para quem procura rir de piadas mais fortes e pesadas, com um humor imprevisível do anti-herói Wade Wilson vivido pelo Ryan Reynolds, que não foi poupado na “zoação”. Constantemente ele é referenciado como o bonitão, que fez Lanterna Verde e tem o corpo sarado (a propósito, já sabíamos disto!). O roteiro é totalmente diferente de tudo que vem sendo feito, porém não espere um filme com indicações ao Oscar ou algo do tipo. Mas sim, personagens reais, super engraçados, encabeçados por Ryan que mostrou sua veia cômica como nunca antes visto, já que apenas com sua voz e trejeitos ele faz todos rirem na sala de cinema (constatei em loco).
Mas antes que você ache que ele é filme de comédia com um personagem engraçado, devo alertá-la(o) que tem muita cena de pancadaria e sangue jorrando para todos os lados, pois nos Estados Unidos a classificação é 18 anos (no Brasil veio com 16). Para quem gosta, ele é uma combinação cômica de como os personagens são retratados hoje em dia, com pitadas de sarcasmo, lutas, perseguições e claro, Ryan Reynolds fazendo um de seus melhores papéis.


#nosfalamos