Fazendo minhas pesquisas entre atores e atrizes que tanto gosto, me deparei com este ator que marcou uma geração, e me fez lembrar de vários filmes. Como esquecer de Heath Ledger em “10 Coisas que Eu Odeio em Você”, “O Segredo de Brokeback Mountain”  ou até como em seu personagem mais intenso – que pode ter levado ele a morte – o Coringa. 
O Fato é que neste último 22 de janeiro completou-se 8 anos de sua morte. E dentre tantas opiniões sobre o que levou a seu suicídio, um fato novo veio a tona no último ano. No documentário “too young to die” onde é contada sua história de vida, uma cena em questão chamou à atenção para o que pode ter acontecido. O Pai dele, mostra o diário que Heath escreveu enquanto passava um tempo imersivo em seu apartamento para viver o personagem coringa. No diário, vários fatos bizarros são citados, uma prova do quão intensa foi sua preparação, que segundo especulações pode ter afetado e contribuído para sua saúde mental.

O fato é que ele era um ator incrível, levou um Oscar póstumo por sua atuação como o Coringa, mas nosso coração sempre vai bater mais forte pelo personagem clássico William em “Coração de Cavaleiro”. Um filme que “causou” naquela época em que éramos adolescentes (não faz tanto tempo assim rss) por sua história romântica com toques modernos. Logo, porque não relembrar uma das melhores cenas, na qual ele faz o número de dança ao som do clássico Golden Years de David Bowie. Aquele momento recordar é viver que a gente tanto ama. 
Fonte: cinepop.com.br

Dá vontade de sair dançando né!…
#nosfalamos