Para quem tem acompanhado o andar da Bolsa de Valores desde o início de toda esta história de impeachment tem visto uma escalada sensacional na maioria das ações trazendo ganhos de capital muito além da “querida” poupança. Porém, é preciso imergir no assunto de forma gradativa para que estes ganhos não iludam você há possíveis perdas financeiras. Para isto, trago 5 curiosidades para, quem sabe, despertar um olhar diferente do que a maioria da população tem sobre a Bolsa de Valores, definido como: “isto é para gente que tem muito dinheiro”.

  1. Horário de funcionamento: o pregão é a faixa de horário em que são negociados todos os ativos disponíveis na bolsa (se você acha que só são negociadas ações, está enganada…inclua ações, fundos imobiliários, contratos futuros e várias outras modalidades, pesquise 😉 ). O pregão inicia às 10:00h e segue ininterruptamente até as 17:00h. Porém, para contratos futuros, por exemplo, começa-se as 9:00h. Além disto, existe o aftermarket, horário das 17:30 às 18:00h que também podem ser negociadas ações de menor volume, pois a maioria dos investidores já “foi embora” comemorar os lucros ou chorar os prejuízos…brincadeira 😀

Processed with VSCOcam with a5 preset

  1. Investimento rápido e fácil: com a evolução da tecnologia, investir está cada vez mais fácil. Tudo pode ser feito através da tela de um computador com acesso à internet e até mesmo pelo seu celular por meio dos aplicativos que são disponibilizados para este fim. Ou seja, o maior empecilho para você começar a investir é você mesmo, sua vontade em aprender sobre o assunto, pois as ferramentas estão todas aí.

macbook

  1. IBOV: o índice IBOV é o “testa de ferro” da bolsa de valores. É ele que aparece no noticiário visando mostrar de forma resumida (mas pense num resumo resumido) como se comportou o pregão de um determinado dia. O índice Bovespa (Ibovespa ou IBOV) representa uma seleção ponderada de algumas das mais de 350 empresas listadas na bolsa de valores. Empresas maiores representam mais dentro do índice e empresas menores, representam menos. Para exemplificar, a AMBEV tem participação no índice muito maior do que a NATURA.

ibov

  1. Como é o imposto de renda (IR): uma das grandes questões que levam algumas pessoas a não investir em alguns produtos financeiros é o pagamento de Imposto de Renda (IR) ao governo. Porém, você sabia que se realizar vendas de ações, com lucro, inferiores a R$ 20.000,00 mensais você não paga imposto. Exemplo: se comprei R$10.000,00 de ações da AMBEV dia 02/08 e vendi estas ações por R$19.000,00 no dia 30/08, tendo lucro bruto (sem considerar corretagem e emolumentos) de R$9.000,00 no mês de agosto, não pago imposto de renda?!

irpf-20151

  1. É possível investir com risco controlado: quando você escuta sobre ações, imagino que dá aquele frio na espinha, pois você já perdeu ou ouviu histórias de gente que perdeu dinheiro na bolsa. No entanto, posso garantir que com estudo e troca de ideias com pessoas do ramo (sugiro aquele amigo, sério, que trabalha com isto), você possa entrar neste mundo fascinante da renda variável de uma forma progressiva, com risco controlado e dentro do seu perfil de risco.

risco controlado

São muitos os tipos de investimentos disponíveis nos dias atuais, cabe a você procurar conhece-los e investir naqueles que mais se adequem ao seu perfil. No entanto, é fundamental que você abra os olhos para as oportunidades que existem neste meio, pois o esforço para sua independência financeira pode ser diminuído consideravelmente se você aprender a investir melhor de forma mais rentável. E para aprender mais é só acessar nossa área de Economia, que trás vários tipos de investimentos e desvenda esse mundo amado das finanças. #ficaadica 😉

#nosfalamos

Imagens: Pinterest/Google/Jay Philbrick